Posts recentes

Lajes Treliçadas

A Laje Treliçada com Isopor possibilita agilidade e rapidez na obra. A técnica utilizada para a laje de isopor inclui uma estrutura feita com vigotas de concreto e ferragem, criando suporte para o encaixe do isopor. Após essa estrutura de sustentação ficar pronta, são encaixadas as placas de poliestireno (isopor) que formam a base da laje. Com toda a laje de isopor instalada, são posicionados escoras que darão sustentação a concretagem superior. Isso mesmo, o processo não acaba com o encaixe do isopor, depois das placas são usadas escoras em pontos determinados para dar sustentação e assim o espaço entre laje e telhado é preenchido com concreto. O concreto que faz esse preenchimento deve ser espalhado imediatamente após a aplicação.
Podemos salientar que a laje treliçada com isopor têm uma melhor performance ao desempenho acústico e térmico. Para o desempenho térmico podemos citar que o produto comparado a uma laje normal consegue ter uma redução de até 7 vezes a temperatura, já para o desempenho acústico o material comparado com a cerâmica tem menos propagação do som.
Economia no transporte, uma vez que são peças grandes, com 1m de comprimento e muito leves, facilitam e reduzem o preço no transporte.

Principais vantagens:

  • É um produto leve e de fácil manuseio;
  • Permite a execução das instalações elétricas sem aumentar a espessura da laje;
  • Elimina fôrmas e reduz escoramentos;
  • Promove uma perfeita aderência entre a vigota treliçada e o concreto de capeamento;
  • Reduzem-se os prazos e custos das obras;
  • As vigotas treliçadas são bastante resistentes, o que facilita sua estocagem e manuseio;
  • Redução do consumo e perda de aço na obra;
  • Adapta-se a qualquer sistema construtivo: estrutura de concreto armado, alvenaria estrutural, estrutura metálica, etc.